quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Friday the 13th

Bem, eu assisti o filme Sexta-feira 13 no dia em que estreiou, e tenho que adimitir, é um filme que faz jus a franquia de Jason Voorhees. Sem querer revelar muitas coisas do enredo, posso dizer que o filme realmente é um remake, não uma continuação, pois uma continuação teria que começar de onde Jason X parou. Como remake, ele pega elementos dos quatro primeiros filmes e dá uma coesão nunca antes vista na série sexta-feira 13. Então, espere por um Jason Voorhees bem vivo, e não um zumbi imortal, ou um zumbi ciborgue imortal.

Michael Bay, diretor de Transformers não fez feio nesse filme. A história é coesa, e dentro dos moldes de um filme de terror, utilizando elementos já aproveitados das quatro primeiras partes, sem entretanto chegar a ser previsível ou maçante. A maquilagem e os efeitos visuais são bem feitos, fazendo jus ao clima sexta-feira 13. A iluminação é boa, sendo clara de dia e escura de noite, mas não tão escura que o espectador não consiga ver o que está acontecendo, ao contrário do filme AvP: Requiem dos irmãos Strause. As mortes seguem o estilo típico sexta-feira 13, algumas são imprevisíveis, outras totalmente previsíveis, e muitas são trash, envolvendo golpes de machete do serial killer mais famoso de Crystal Lake.

Aliás, a trilha sonora quase beira a perfeição. Como Jason Voorhees não fala, pois isso estragaria o seu personagem, acaba sendo a trilha sonora que passa para o espectador o que ele deseja falar. Ela é a voz dele, o seus gritos e suas ameaças. Os personagens são todos muito bem desenvolvidos, caindo certinho dentro do esteriótipo de vítimas dos filmes da série sexta-feira 13: Maconheiros que só querem saber de enriquecer, mulheres vadias que só querem saber de curtir a vida, playboys ricos que só se preocupam com a sua propriedade e um ou outro jovem com algo na cabeça. Se você quiser assistir esse filme, vá para o cinema esperando um filme da série sexta-feira 13, mas não espere conhecer tudo. O Jason Voorhees desse filme é um pouco diferente, ele corre, pula, se esconde e apronta o diabo para conseguir matar as suas vítimas, o que soluciona em parte um dos maiores mistérios de filmes de terror: "Como diabos aquele serial killer que só anda consegue pegar a mocinha que só corre?"



Bem, aproveitando a oportunidade, também irei colocar dois trailers de um outro filme que promete muito para 2009. Se você acha que entende de super-heróis sem conhecer watchmen. esqueça o que acha, e veja watchmen:

Trailer 1:



Trailer 2:

Um comentário:

Kely com um ele disse...

Não conheço os quadrinhos e me baseando no wikipedia, me parece que a estória do watchmen é simbólica e com temas bem amadurecidos. Vou ver pelo conteúdo.

Beijos!